[PonyExpress] Ganhei um Takedown

Sem título

 

Queria só deixar registrado. A primeira vez a gente nunca esquece. Era um vídeo de um moleque dançando (esse aqui) ao som de Bloody Stream, mas eu peguei e botei como título o nome da música da parte 4, o que chamava uma galera em peso acreditando que era mesmo. Para quem tiver interesse na experiência do vídeo original, só entrar aqui.

Pô, fiquei chateado. Não por terem derrubado o vídeo, mas pela parada do takedown mesmo, principalmente porque eu não tô monetizando porra nenhuma, mas acontece. Aliás, até demorou para rolar.

Edit: Ganhei o segundo, puta merda. Por causa de um vídeo que postei há meses. Vou tirar essas merdas todas do Youtube e botar no Vimeo.

[PonyExpress] JoJo no Brasil – Parte 3


Já está no trecho, em 57:59.

Parte III porque é a terceira publicação que faço sobre essa novela desgraçada. Dessa vez, vou até me abster de opinião, está postado o vídeo onde a própria editora da Panini fala a respeito e vou quotando exatamente como ela fala e explicando, já que aparentemente ninguém sabe interpretar texto. Continuar lendo “[PonyExpress] JoJo no Brasil – Parte 3”

PonyExpress – JoJo no Brasil… De novo.

Acabei me deparando com essa informação (o sentido da leitura é de baixo para cima) enquanto passeava pelas interwebs por aí. Como eu disse em maio – se não me engano – do ano passado, até acreditaria que JoJo viria, mas a longo prazo, principalmente por causa da questão do JoJonium. Só que essa foi a primeira disposição clara de qualquer editora de tentar trazer o título ao Brasil.

No entanto, eu queria colocar alguns pontos. O primeiro é o formato. Desacredito que seja a série inteira. JoJonium é muito mais prático. Isto é, como são menos volumes, a publicação, licenciamento, todo o processo seja mais fácil. Então, as três primeiras partes. A série inteira tem mais de cem volumes, JoJonium, por outro lado…

Ainda assim, é interessante de “por que JoJonium dá certo”. Basicamente por causa da galera do anime. Isto é, é puramente populismo por parte da editora lançar apenas o JoJonium, porque o público novo que conheceu a série pelo anime vai se preocupar apenas com o que foi adaptado em anime. Essa galera acredita mesmo que as três primeiras partes são as melhores. Ou seja, essa súbito interesse nada mais é por causa da inflação que a fanbase sofreu nos últimos anos por causa do desenho animado.

Além disso, pode ser só uma espécie de relações públicas. Simplesmente mudam o discurso um pouco para a fanbase sossegar o facho. No fim, a editora da Planet Manga simplesmente deu uma resposta estilo Marina Silva: “Nem sim, nem não. Muito pelo contrário”.

Só sei que a Aliança acaba se o mangá vier para o Brasil. É, não vai ter motivo para continuar com o lançamento oficial aí do lado. Então, tá aí a informação prévia para caso um dia isso aconteça e você vai acabar sabendo que o portal não “acabou do nada”.

Links Relacionados: [#NãoVaiTerJoJo] [Meus Mangazinhusss!!]

Atualização: Tá, eu quebrei a cara. Pode dar risada, mesmo que meu negativismo já tenha morrido de velho.

PonyExpress – JoJoRama no Youtube!

Venho trazer aqui o primeiro vídeo de um canal aberto por um amigo meu que é muito bro. Geralmente não faço essas coisas, mas convenhamos, o cara merece. Conseguiu fazer um vídeo sobre videogame não se tornar um porre completo de assistir, com uma edição bacaninha e bem dinâmica. Se esses programas de videogame da TV por aí fossem assim, se essas narrações pentelhas de e-games fossem todas assim, se ao menos houvesse algo do tipo, nessa pegada, no jornalismo de games mainstream, certamente a imprensa de games seria muito melhor.

Boa sorte, JoJo Rama! Horny Pony está aí sempre à disposição pra qualquer diálogo e ideias que tiver!

Só fiquei um pouco bolado porque eu tinha um desenho meu, de mim mesmi, na mesma posição do Gyro (e do JoJo Rama) pra trocar lá na lateral do Blog. Paciência, não troco agora pra não parecer que fiz igual, mas dane-se. Tá tranquilo assim.

PonyExpress – E agora, Nintendo?

Não entendi o motivo de estarem tão pasmos com o fim da atividade da Nintendo no Brasil. Assim como a Sony mentiu ao falar que o Playstation 4 custava quatro mil reais por causa da taxação, a Nintendo alegar a mesma desculpa ao encerrar seus serviços não passa de balela.

O imposto do Brasil já foi extremamente pior. Hoje é muito mais barato comprar videogame do que era há uns 10 anos, quando realmente existia um imposto pesado. A economia atual também não influi atualmente na taxação dos jogos principalmente porque lá pra 2005-2006-2007, quando um jogo custava R$250,00, a inflação estava justamente em seu mínimo. Hoje em dia, você tranquilamente compra jogos com preços que vão desde R$39,90 até lançamentos cujo preço dificilmente ultrapassa os R$200,00. Tem que lembrar ainda que naquela época um real era muito mais caro do que é hoje, então é uma discrepância enorme desde então, quando o choro por impostos era plausível, de hoje, quando é apenas choro.


Fonte: Banco Central do Brasil: http://www.bcb.gov.br (Histórico das Metas de Inflação) (A inflação em 2014 fechou a 7%, essa aí é a taxa de maio)

O que a Nintendo enfrenta por aqui é um mercado de merda, porque o brasileiro não compra produtos Nintendo pra valer. É difícil encontrar alguns jogos em específico porque a própria Gaming, importadora responsável até então, trazia um número reduzido de cópias para o país que logo se esgotavam (visando evitar o encalhe que acontece com títulos de outras plataformas, como Anarchy Reigns).

Agora, quantos brasileiros de fato têm o Wii U ou 3DS? O primeiro console nem de longe é um sucesso no país e o segundo não chega aos pés do sucesso que o DS comum fez por aqui (muita culpa dos Tablets e iPhones da vida, se quiser saber). O Brasileiro não compra jogo em revendedor oficial. Sem ninguém comprando, pra quê continuar importando oficialmente?

E que a situação tava ruim não é segredo pra ninguém. Não houve um jogo recente sequer que não tenha me causado problemas para adquiri-lo. Fire Emblem Awakening chegou com SEMANAS de atraso por aqui, com vários adiamentos. Coisa de um mês, praticamente. Pokémon Y e X tiveram um lançamento bacana, mas ainda assim, atrasaram praticamente duas semanas. Super Smash Bros. for 3DS foi o pior porque também demorou semanas para chegar e as lojas nem se deram ao trabalho de fazer uma pré-venda decente. O jogo simplesmente chegou sem aviso e com atraso nas revendedoras. Pokémon OmegaRuby e Alpha Sapphire passaram pelo mesmo problema, sem pré-venda (ao contrário dos jogos anteriores, que inclusive davam alguns brindes, como aquele mapa tosco e sem vergonha em X e Y e uma figure fantástica em Platinum). Ontem fui comprar Bayonetta 2 e o jogo tinha sido deletado do banco de dados da Saraiva.

Então, eu acho muito engraçado quando choram por causa de algum problema da Nintendo. BUBUBU COMOASSIM BUBUBU MUH INFÂNCIA BUBUBU. Se a Nintendo tá numa situação de merda no país, a culpa é sua.

Mas não se preocupem. Como não é comum comprar produtos em revendedoras oficiais por aqui, a presença ou não da Nintendo não fará diferença alguma, já que as lojinhas de bairro que são importadoras próprias continuarão suas atividades normalmente.

PonyExpress – Animes, Temporada Primavera 2013


Clique aqui para ver em tamanho normal.

– De cara, DD Hokuto no Ken, porque deve ser engraçado e tosco ao mesmo tempo.

Uchuu Senkan Yamato. Qualquer coisa do Leiji Matsumoto é foda.

-Aí não taquem pedras, mas quero ver o Hyakka Ryouran Samurai Bride. Eu vi o primeiro e apesar de ser tudo que eu não gosto em uma série, acabei gostando porque tinha umas lutas maneiras. É tudo que eu não gosto quando finalmente conseguem fazer bem feito.

-Eu geralmente pego qualquer merda da Tatsunoko. Mas eu tenho medo de Namiuchigiwa no Muromi-san.

-Vô pegar Shigeki no Kyojin pra ver se essa bosta é tão boa quanto falam.

-O quê diabos vão passar no Noitamina nesse trimestre? Falando sério, não vai passar nada? E o Gin no Saji? Quando sai?

-Saint Onii-san é o mangá com Buda e Jesus rachando um apartamento, não é? Pqp, só a ideia disso é foda. Uma pena que esses filmes demorem pra sair por causa do DVD Rip.

-As dúvidas são Aku no Hana, Photo Kano e Ginga Kikoutai Majestic Prince. O primeiro não fala nada sobre, mas é referência às Flores do Mal de Baudelaire. Esse tipo de animu é geralmente interessante, mas tenho medo da merda que pode virar. O segundo é sobre fotografia. Eu gosto de fotografia, mas eu tenho medo se vai ser um Sakamichi no Apollon com fotografia no lugar de música. O último é sobre Robô Gigante. Eu curto pra caralho robôs gigantes. Todos se amarram em robôs gigantes. Mas sei lá, parece um enredo tão batido…

Distância de qualquer moeshit, por favor

Ok, melhor do que a temporada inverno, a qual tive que me contentar com animes que até então não tinham terminado como Psycho-Pass, JoJo e Robotic;Notes.

PonyExpress – The Return of the Thin White Duke


David Bowie anuncia um novo álbum. Eu achei que esse dia nunca chegaria. No dia de seu 66º aniversário, é a gente que ganha presente. O foda é que é uma data muito perto. Já agora em março. Resta ter a confirmação se vai ser um álbum feito de música velha arquivada ou se é material 100% novo. O álbum se chamará “The Next Day”. É o primeiro do cara em 10 anos.

Links relacionados: [Análise: The Rise and Fall of Ziggy Stardust] | [Análise: Labirinto]

PonyExpress – Animes, Temporada Inverno 2012/13


Clique aqui para ver em tamanho normal.

Imagina uma temporada cocô. Essa tá pior. Sei lá, as temporadas “perdidas” estão se tornando cada vez mais frequentes. É muito Slice of Life com moe pro meu gosto.

Só vou pegar Ishida to Asakura porque deve ser tosco e engraçado, mas não garanto nada.

Talvez eu ainda dê uma chance para Bakumatsu Gijiden Roman e Amnesia (embora eu tenha quase certeza que esse vai ser um Troll ao estilo No. 6, espero estar muito enganado)

Ao menos, fico satisfeito porque vou ter alguma coisa pra assistir ainda. Psycho-Pass, Robotics;Notes, Zetsuen no Tempest, Bakuman e Jojo continuam, sem falar de HxH.

E blog meio lerdo nos últimos seis meses… Prometo dar uma geral nele em 2013, a começar pelo Ponyawards logo nas primeiras semanas de Janeiro!

PonyExpress – Animes, Temporada Outono 2012


Clique aqui para ver em tamanho normal.

– Obviamente, JOJO ALL THE WAY!

-Vou pegar a Season 2 de Jörmungand e a Season 3 de Bakumango. Agora acaba essa desgraça.

-Eu vou pegar Magi. Não é nem pela imagem moeshit hurrr durrr. É porque a série reconta as mil e uma noites. A ideia é boa, o estúdio é bom. Só resta saber se vai prestar ou não.

Psycho-Pass. Nada se sabe, mas é do NoitaminA. Ficar 2 temporadas sem nada do NoitaminA não dá.

Zetsuen no Tempest é do Bones e parece ser maneiro. Só não pode ficar tipo No.6 que foi uma trollage.

-Na lista dos talvez entram Code:Breaker, Robotic;Notes, Ixion Saga DT, O novo Initial D e não sei porque diabos K me chama atenção. Não sei o por que diabos essa do pôster me fascina. Ah todo mundo tem seus pecadilhos moeshits. Eu ao menos tenho consciência disso, embora é bom que não se torne um hábito ou um vício. Se bem que aquele totalmente radical contra slice-of-life e moeshit, nunca mais assiste algum anime. Tem muito pouco que não se encaixam sequer um pouco nesses padrões.

Em compensação, quero distância de Girls und Panzer, Chuunibyou demo Koi ga Shitai (nome comprido do cacete), To Love-Ru Darkenss ou qualquer coisa da Kyoani.

Bom, ao menos o balanço foi infinitamente melhor do que a temporada de Verão. Poucos posts nos últimos meses, realmente… Preciso tirar o pó daqui. Até o fim do mês tem alguma análise.

PonyExpress – Animes, Temporada Verão 2012


Clique aqui para ver em tamanho normal.

Minha reação:

Falo do Arcana Famiglia. Agora, algumas observações:

Tari Tari confirmado como Bomba por ter uma sinopse que me lembra K-On. Se é parecidou ou não, de fato, foda-se. O /a/ vai se dividir novamente que eu sei. Sempre acontece quando esse tipo de anime está em exibição.

-Mesmo eu não querendo de fato, existe a chance de eu acabar pegando Chouyaku Hyakunin Isshu: Uta Koi. Não tem uma premissa muito ruim, mas também isso não empolga de maneira alguma.

-NoitaminA podre, se eu for, por algum motivo assistir algum anime do bloco, ficarei com Natsuyuki Rendezvous.

-Dependendo do meu humor, assistirei Aruvu Rezuru. Preciso ver como eu vou estar no da estreia, com saco para começar a assistir algo ou não.

-Acho que é por causa das férias, porque estamos bem de filmes! Rurouni Kenshin, Yamato, Pokémon e Berserk. Ultraválidom.

-Muita coisa fetichista aí. Só não cito os nomes em específico porque os animes desta temporada estão com uns títulos gigantescos.

-É claro que não largarei Pokémon. Nunca largarei Pokémon. Que isso fique bem claro.