Análise: The ArchAndroid – Janelle Monáe

Nesse auê todo do Rock In Rio, comecei a fazer na minha mente uma retrospectiva rápida dos outros RiR que já assisti – todos pela TV e internet, claro, não sou do Rio, nem tenho dinheiro para comprar o ingresso. Esse de 2015 foi fraco para ruim, o melhor show, em minha opinião, foi o do Elton John, mais porque ele é o ELTON FUCKING JOHN. Gostei também do Queen com o Adam Lambert (não deve em nada ao Freddie Mercury – EM NADA), mas foi só. Em 2013, lembro de ter gostado de Bruce Springsteen e, em especial, num único dia em que estavam no palco menor (heresia!) o André Mattos (ex-Angra), Helloween e a combinação Zé Ramalho + Sepultura (ZÉPULTURA). Continuar lendo “Análise: The ArchAndroid – Janelle Monáe”