Análise: Metal Gear Rising: Revengeance

Faz muito tempo que eu queria escrever alguma análise de videogame aqui para o Horny Pony, só queria um jogo que, por algum motivo, qualquer que seja, me motivasse a tal. Acabei escolhendo Metal Gear Rising: Revengeance por um motivo simples: Eu Odeio Metal Gear. Isto é, o Kojima é um cara totalmente limitado que não consegue trabalhar com novas franquias e que, quando trabalha, não as consegue fazer emplacar, resultando em jogos igualmente ruins. E Metal Gear é ruim porque, em primeiro lugar, eu pago por um jogo, não por um filme com umas partes jogáveis. Segundo, MGS é monótono pra chuchu, além de uma jogabilidade porca – ao menos os três primeiros – e dura. Sem falar de entediante.

Continuar lendo “Análise: Metal Gear Rising: Revengeance”