Análise: Batman Arkham Asylum

Todas as artworks do jogo são fantásticas. Revê-las mostra o quanto o estilo fez falta nos jogos seguintes.

Comprei o meu Xbox 360 por causa do Batman: Arkham Asylum – junto de Blue Dragon e Street Fighter IV -, mas, curiosamente, só fui jogá-lo pela primeira vez pouco antes do lançamento do Arkham City. Recentemente, como comecei a assistir Gotham (inacreditavelmente boa depois da metade da primeira temporada), acabei ficando com vontade de me meter nos Bátimaverses da vida mais uma vez e peguei o Arkham Asylum que tinha para PC aqui na minha conta Steam.

Continuar lendo “Análise: Batman Arkham Asylum”

Análise: Batman Arkham Origins


Só para constar, eu contei o enredo inteiro do jogo aí. Se for comentar, LEIA o texto primeiro antes de falar qualquer asneira que o texto já tenha respondido por si só.

Eu adorei Arkham City. Aquele mundo aberto, aquele enredo, aquela ambientação, aquela jogabilidade, adorei tudo. Arkham Asylum também é ótimo. Eu tinha alguma esperança no Origins, ainda mais quando em um dos trailers, tinha uma briga fodida do Exterminador com o Bátema.

Continuar lendo “Análise: Batman Arkham Origins”